Notícias

Breizh Algae Tour 2017 – Workshops

O segundo dia da “Breizh Algae Tour 2017” ofereceu uma ampla gama de workshops técnicos, cada um deles focado nos principais campos de atuação do Grupo Olmix: “Plant Care”, “Animal Care” e “Human Care”.

Se o primeiro dia da “Breizh Algae Tour” se concentrou no inovador conceito de "HealthSea foodTech", no qual as algas são utilizadas de diferentes maneiras para influenciar a microbiota e, conseqüentemente, melhorar a performance e a saúde das plantas, animais e humanos, no segundo dia os convidados tiveram a chance de escolher entre vários workshops científicos focados nos 3 campos estratégicos de atividades do Grupo Olmix: “Plant Care”, “Animal Care” e “Human Care”.

Workshops sobre “Plant Care”

Os workshops científicos voltados a área de “Plant Care” apresentaram os resultados de pesquisas mais recentes sobre o uso de algas para melhorar a saúde e a produtividade de plantas e também mostraram as sinergias existentes entre a gama de produtos da Olmix, Melspring e PRP Technologies, as quais fortalecem a estratégia global do Grupo Olmix para uma Gestão Integrada voltada à Saúde de Plantas, juntamente com uma redução considerável no uso de fertilizantes químicos e pesticidas.

Primeiramente, o Sr. Henri Beekers (Gerente do de P&D do departamento de “Plant Care” da Melspring, Países Baixos) lembrou do desafio global da indústria agroalimentar, de modo a alimentar o mundo com alimentos de qualidade e baixa pegada ambiental e, em seguida, deu a palavra para o Sr. Ton Terlouw, (Desenvolvedor de Mercado do departamento de “Plant Care” da Melspring, Países Baixos), que deu uma palestra voltada ao modo de ação do patenteado poder tampão do produto “Marathon Organic”:

"Os 3 modos de ação da Marathon são 1) fornecimento de amônio, 2) fornecimento de nutrientes duradouros e 3) estimulação da atividade bacteriana. Quais são as diferenças entre Marathon e outros fertilizantes orgânicos?: Permite associar os nutrientes minerais em um complexo orgânico, além de estimular a vida orgânica do solo", explicou.

Henri Beekers (Gerente do de P&D do departamento de “Plant Care” da Melspring, Países Baixos).

Sr. Ton Terlouw, (Desenvolvedor de Mercado do departamento de “Plant Care” da Melspring, Países Baixos).

 

Mais tarde, Bruno Daridon, (Gerente de Tecnologia da PRP Technologies, França), compartilhou algumas informações sobre o Processo de Indutores de Minerais (MIP) - tecnologia baseada na ignição da atividade microbiana do solo - explicando que "o Processo de Indutores de Minerais é projetado como ferramenta à agroecologia, atuando como um efeito primário na rede de alimentos do solo, podendo ser misturado com muitas outras tecnologias ". Logo depois, o Sr. Florian Tilly (Gerente dos Produtos ligados ao departamento de “Plant Care” do Grupo Olmix, França) falou sobre os benefícios dos extratos específicos de algas do Grupo Olmix:

"O que distingue o extrato de algas do Grupo Olmix dos concorrentes? A apresentação de soluções através do uso de matérias-primas renováveis ​​de várias fontes naturais, uma cadeia de produção 100% controlada e tecnologias únicas de processamento e biorrefinaria ", disse ele.

Bruno Daridon, (Gerente de Tecnologia da PRP Technologies, França).

À tarde, o Sr. Didier Blin (Diretor de Marketing da PRP Technologies, França) assumiu a liderança para apresentar as relações existentes entre os produtos do Grupo Olmix, Melspring e PRP Technologies, além de apresentar como essas alternativas naturais podem contribuir para a saúde de plantas e o meio ambiente:

"Somos um grupo com uma experiência forte e de longa data na agricultura. O Grupo Olmix é especialista na obtenção de minerais, na refinação de algas e em compostos bioativos. A Melspring concentra-se principalmente na nutrição de plantas com fertilizantes orgânicos e minerais e através da tecnologia de liberação progressiva. A PRP Technologies tem uma forte experiência em bioestimulação de plantas e ativação biológica dos solos. Em suma, a nova divisão do “Grupo Olmix – Plant Care” oferece uma gama completa para performances técnicas e econômicas. Temos as habilidades e as ferramentas para oferecer soluções adaptadas a várias situações em todo o mundo ".

Sr. Didier Blin (Diretor de Marketing da PRP Technologies, França).

Finalmente, vários membros da equipe do departamento de “Plant Care” do Grupo Olmix subiram ao palco para mostrar alguns resultados de campo através de uma discussão interativa com o público.

Workshops sobre “Animal Care”

Os workshops voltados a linha “Animal Care” começaram com 1 sessão plenária com 3 apresentações.

A primeira apresentação focou na visão geral científica sobre as diferentes oportunidades que as algas trazem para a produção animal. O Dr. Marinus van Krimpen (Universidade de Wageningen, Países Baixos) comentou sobre os resultados promissores da extração de proteína de algas marinhas e destacou que as algas são cada vez mais vistas como uma importante fonte de componentes bioativos,  fortalecendo os objetivos do Grupo Olmix de ir mais longe na biorrefinaria específica de algas para valorizar as potenciais frações ativas que estas possuem!

Depois disso, foi a vez da Dra. Isabelle Oswald (Unidade Toxalim no INRA, França) apresentar seu trabalho sobre "Fusariotoxinas e saúde intestinal". A renomada especialista apresentou alguns pontos interessantes sobre como as micotoxinas podem prejudicar a saúde intestinal mesmo quando as taxas de contaminação são baixas:

"O trato gastrointestinal é a primeira barreira contra contaminantes alimentares. O epitélio intestinal pode ser exposto a altas concentrações de micotoxinas após a ingestão de alimentos contaminados. Por exemplo, a micotoxina DON diminui a função da barreira intestinal e induz a inflamação intestinal. Por outro lado, os fungos produzem várias micotoxinas simultaneamente e, portanto, a alimentação pode estar contaminada por vários diferentes fungos. Ela também explicou o fato de que a unidade de pesquisa "Toxalim" descobriu recentemente que as interações prejudiciais entre as micotoxinas são ainda mais poderosas quando em dosagens baixas!

Dr. Marinus van Krimpen (Universidade de Wageningen, Países Baixos).

Dr. Isabelle Oswald (Toxalim Unit at INRA, France).

María Ángeles Rodríguez, Gerente de Serviços Técnicos do departamento de “Animal Care” do Grupo Olmix, concluiu o discurso sobre micotoxinas, mostrando as diferentes ferramentas que o Grupo Olmix desenvolveu para lidar com as micotoxinas, da suspeita à solução.

A saúde intestinal foi um dos principais tópicos no primeiro dia do “Breizh Algae Tour” e um assunto de pesquisa chave do Grupo Olmix, por isso não foi estranho que o Sr. Ignacio Caballero (UMR ISP 1282, INRA Nouzilly, França), tenha apresentado sobre o papel de imunidade intestinal no desempenho dos animais. Foi também uma oportunidade para apresentar os resultados obtidos em uma parceria de pesquisa com o Grupo Olmix, demonstrando que os extratos de algas podem estimular, in vitro, a produção de mediadores de imunidade em células epiteliais de porco.

A apresentação do Sr. Ignacio Caballero foi completada por Pi Nyvall Collen, Gerente de P&D do Grupo Olmix, destacando que resultados semelhantes foram demonstrados em células imunes de aves também em uma pesquisa de parceria com a Universidade de Brest (França).

María Ángeles Rodríguez (Gerente de Serviços Técnicos do departamento de “Animal Care” do Grupo Olmix).

Pi Nyvall Collen (Gerente de P&D do Grupo Olmix).

À tarde, os workshops de “Animal Care” foram divididos por espécie e os participantes puderam escolher entre "Gado Leiteiro", "Avicultura", "Suinocultura" e "Aquicultura".

Workshops sobre “Human Care”

A equipe de “Human Care” do Grupo Olmix mostrou diferentes estratégias nas quais algas marinhas desempenham um papel direto ou indireto na saúde e nutrição humana: com ingredientes alimentares para melhorar a qualidade da carne, ingredientes tecnológicos para melhorar a qualidade dos produtos alimentares através da substituição de aditivos químicos ou substâncias alergénicas, ingredientes para melhorar o perfil nutricional dos alimentos e suplementos alimentares para apoiar diretamente a saúde humana, graças aos seus compostos específicos. Para mostrar essas estratégias e mais, a equipe de “Human Care” do Grupo Olmix ofereceu várias conferências sobre o assunto:

Em primeiro lugar, a Sra. Jeanne-Marie Robert (Breizh Algae, França) explicou como melhorar a qualidade da carne com o uso de algas e apresentou os resultados de um estudo recente que mostra o grande interesse dos consumidores quanto a origem dos produtos, além de aspectos como sanidade e meio ambiente. Foi somente então que o Sr. Marvin Rehel (Departamento de “Human Care” do Grupo Olmix, França) compartilhou com os participantes do evento informações quanto as tendências do mercado em vista de produtos altamente naturais:

"É muito claro que algo está mudando dentro da indústria. Cada vez mais, os consumidores estão exigindo soluções e alternativas naturais. Um novo "rótulo limpo" está a caminho ", disse ele.

Sra. Jeanne-Marie Robert (Breizh Algae, França).

Sr. Marvin Rehel (Departamento de “Human Care” do Grupo Olmix, França).

Os dois primeiros discursos da manhã foram realizados primeiro pela Sra. Héléna Abreu (co-fundadora e diretora do departamento de P&D da ALGAplus, Portugal) e, em segundo lugar, pelo Sr. Tony Da Cruz (Departamento de “Human Care” do Grupo Olmix, França). Abreu compartilhou informações interessantes sobre algas marinhas para a saúde e nutrição humana:

À tarde, os participantes do workshop sobre “Human Care” tiveram a oportunidade de visitar a Península de Landrellec no norte da Bretanha, onde puderam observar algas em seu ambiente natural! Lá, Régine Quéva (Algues & Co, França) mostrou, in situ, a ampla biodiversidade de algas na Bretanha:

"Mais de 800 espécies de algas são encontradas na península, cada uma com sua própria aparência , sabor e propriedade. A Bretanha é um lugar excepcional para que as algas se reproduzam e cresçam graças a condições específicas e únicas da região”.

Península de Landrellec no norte da Bretanha.

Península de Landrellec no norte da Bretanha.